Quais os riscos de manter rejeitos NORM/TENORM embarcados após uma limpeza?

Quando é realizada a descontaminação de partes de ativos Offshore, como tanques, é essencial gerenciar os rejeitos radioativos NORM/TENORM de forma correta, para evitar riscos a todos que estão embarcados.

E quais são estes riscos? Continue lendo e descubra!

O que são rejeitos NORM/TENORM?

NORM são materiais radioativos naturais que não sofrem qualquer interferência humana e estão presentes no nosso dia a dia. A sigla significa Naturally Occurring Radioactive Materials

E quando estes materiais sofrem alguma interferência e são tecnicamente modificados, tornam-se TENORM (Technologically Enhanced Naturally Occurring Radioactive Materials).

A principal diferença entre estes dois tipos de materiais está nos níveis de radiação que eles emitem

Já o TENORM é o NORM concentrado e modificado, ou seja, representa maior risco para todos que forem expostos a ele.

Os rejeitos NORM/TENORM são gerados após o processo de limpeza e descontaminação que ocorre em ativos Offshore. Em muitos casos, eles são colocados em tambores e ficam mantidos nas próprias plataformas, o que pode apresentar riscos para quem está embarcado, como vazamentos e contaminação do local.

Os rejeitos NORM/TENORM gerados em processos de descontaminação ou de descomissionamento, é um material perigoso classe 7 – radioativo – e não pode ficar armazenado em qualquer lugar e sob qualquer condição. Precisa de um serviço de armazenamento de rejeitos NORM/TENORM.

Todo o rejeito NORM/TENORM precisa ser eliminado da plataforma?

Na verdade, não. Como a limpeza e descontaminação dos tanques necessita que o ativo Offshore fique parado e não produza, parar sempre para eliminar todos os rejeitos NORM/TENORM geraria gastos desnecessários.

Para que não ocorra exposição dos trabalhadores a este material, é essencial que o monitoramento seja feito para garantir que a dose presente no ativo Offshore esteja abaixo do limite de exposição. 

Se você é IOE, com certeza já teve que lidar com radiação e ser dosimetrado antes de trabalhar com uma fonte de radiação, certo? Mas você sabe de fato o que é um dosímetro? Venha descobrir nesse post!

Qual a melhor forma de lidar com este tipo de rejeito?

Caso seja encontrado material NORM/TENORM durante o processo de limpeza industrial no Offshore, é preciso que a equipe utilize Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados, sejam dosimetrados e tenham um Supervisor de Radioproteção para liberar o trabalho para iniciar a descontaminação.

É importante buscar empresas que possam prestar tanto o serviço de limpeza quanto o de descontaminação, para que o tempo gasto com a plataforma parada não seja maior do que o necessário.

Uma plataforma de petróleo ou um FPSO parados podem gerar milhares de dólares de prejuízos por dia!

É preciso que os rejeitos NORM/TENORM sejam separados na forma sólida, líquida e gasosa e acondicionados em locais apropriados, como tambores de metal, bombonas plásticas ou outro tipo de contentor adequado. 

Logo após este processo, os contentores devem ser avaliados, rotulados e armazenados em algum local seguro e que esteja dentro das exigências do IBAMA e da CNEN.

Este local precisa ser monitorado 24 horas por dia, acompanhado constantemente e os responsáveis devem cumprir diversos requisitos legais para que os rejeitos NORM/TENORM não causem qualquer dano à pessoas, patrimônios ou ao meio ambiente. 

Se o material vazar e infiltrar no solo, pode chegar em um lençol freático e contaminar o abastecimento de água de uma cidade inteira!

Existem empresas que disponibilizam o serviço completo de gerenciamento e armazenamento de rejeitos NORM/TENORM totalmente legalizado e seguro, além de fornecerem a logística necessária, como o acondicionamento, transporte e mão de obra especializada para estes processos.

É necessário ser altamente especializado em Radioproteção para lidar com esse tipo de material! 

Quando é realizada a descontaminação de partes de ativos Offshore, como tanques, é essencial gerenciar os rejeitos radioativos NORM/TENORM de forma correta, para evitar riscos a todos que estão embarcados.

Na dúvida, realize uma Inspeção Regulatória para eliminação de Não Conformidades!

Este é um serviço oferecido também por empresas especializadas no assunto e consiste em uma análise por toda a plataforma ou FPSO no Offshore em que serão avaliados todos os pontos exigidos pela CNEN, MTE e IBAMA no que se refere à Radioproteção.

Então, a empresa prestadora de serviços emite um laudo com tudo o que está irregular e quais ações devem ser tomadas para corrigir estas Não Conformidades. Mas é a operadora da plataforma que decide adotar o que foi sugerido ou não. 

De qualquer forma, as leis estão aí para serem seguidas à risca. Assim, você evita que acidentes ocorram, o que acarretaria em prejuízos humanos, materiais e ao meio ambiente.

É importante saber que a radiação – e em especial a radiação ionizante – causa diversos efeitos biológicos às pessoas expostas a ela, dependendo da dose de exposição.

Se você quer evitar todos os efeitos da radiação ionizante no ambiente de trabalho precisa de um Serviço de Radioproteção bem preparado.

Se você é ou a sua equipe possui um IOE (Indivíduo Ocupacionalmente Exposto), estabelecer um Plano de Radioproteção detalhado e eficiente é mandatório!

Quando você trabalha em uma indústria que utiliza fontes radioativas em seus processos, é necessário que todos os profissionais expostos à radiação tenham a proteção adequada, de acordo com as normas da CNEN.

Também é possível contratar empresas especializadas para cuidar da sua proteção radiológica se, por algum motivo, for gerada muita dor de cabeça ao implementar um Serviço de Radioproteção por conta própria.

Para você que deseja ser um especialista no assunto, preparamos um material completo com tudo o que você precisa saber sobre Radioproteção.

E não se esqueça de se cadastrar na nossa newsletter e seja um especialista no assunto!

FONTES:

  • Mais de 10 anos de experiência em Segurança do Trabalho junto às maiores indústrias do Brasil
  • Mais de 3 mil horas executando serviços de Radioproteção
  • Mais de 200 clientes atendidos em todo país